Sérgio Mamberti: a arte criou asas







Por Norian Segatto

Sérgio Mamberti é mais um dos grandes brasileiros que perdemos nesses tempos sombrios. Grande figura humana e artística, tive o prazer de conhecê-lo e, mesmo sem nunca termos sido amigos íntimos, pude compartilhar de sua enorme generosidade.

Conheci o Mamberti quando estava escrevendo Por trás de máscara, livro reportagem sobre a administração Maluf em São Paulo, escrito em parceria com Renato Rovai. Era o ano de 1996, acabara de escrever e procurava alguém para fazer um prefácio. Após algumas consultas veio o nome de Sérgio Mamberti, mas havia um inconveniente: eu nunca havia feito qualquer contato com ele.

Liguei para o teatro onde ele estava se apresentando, peguei o número de telefone da assessoria de imprensa dele, liguei, expliquei o pedido. No dia seguinte, o retorno com o número do telefone direto do Sérgio no Rio de Janeiro. Liguei, conversei com ele, expliquei a ideia. Com a voz pausada de eterno tio Victor, ele pediu o texto do livro e, dias depois, encaminhou um belo prefácio.


Quando o livro ficou impresso fomos entregar um exemplar para ele na residência em São Paulo. Fomos recebidos com chá, mostras de sua versatilidade como artista plástico – fazia ótimos trabalhos com colagem -, conversas sobre novos projetos, vida pessoal, política. Uma tarde extremamente agradável, fui lá para agradecer e sai gratificado e com um de seus trabalhos de colagem como presente.


Tempos depois ele nos procurou para editar um livro de memória de sua mãe. Um livro singelo, uma homenagem. Novas tardes de prosa e descoberta cada vez maior do grande ser humano ao lado do grande artista. Ficou um belo livro, com projeto gráfico de Rico Lins e uma bela homenagem.



No lançamento, na Travessa do Rio de Janeiro, Sérgio fez questão que ficasse hospedado em sua casa, no Jardim Botânico. Contou deliciosas histórias de sua vida profissional e pessoal.

Nos encontramos em algumas outras ocasiões e eventos, o tempo foi nos afastando, mas nunca esmaeceu a admiração pelo tio Victor, por Sérgio Mamberti, acima de tudo um grande ser humano.

0 comentário

Posts recentes

Ver tudo